5 motivos para definir o propósito de uma empresa ou marca

Atualizado: 3 de nov.


O propósito de uma empresa é a representação do que ela quer alcançar no futuro por meio dos produtos e serviços que ela oferece ou, até mesmo, por outras ações que reverberam em sua reputação, positiva ou negativamente.


Neste post, falaremos sobre cinco motivos para você definir um propósito para sua organização, caso ainda não tenha feito. Acredite, esse detalhe pode fazer toda diferença no desenvolvimento do seu negócio e na visão que o seu público tem dele.

Vamos lá?

1. Promove o engajamento do público

Para que seu cliente tenha uma jornada de compra satisfatória, é interessante garantir uma boa experiência durante esse processo. Isso pode ser feito por meio do engajamento entre consumidores e marcas, algo que foi facilitado com as redes sociais.


É por meio do engajamento que os negócios conseguem estabelecer uma relação mais próxima com seus futuros e atuais compradores, além de fazer toda diferença em momentos de crise ou, até mesmo, auxiliar no ganho de reputação para a marca.


Uma ótima maneira de conseguir promover o engajamento do público é, justamente, estabelecendo um propósito para sua empresa, pois ela precisa estar alinhada com os valores cultivados com o seu público, o que gerará conexão.


É como se a instituição e seus clientes tivessem “algo em comum”, o que ajuda a promover a identificação de valores e fazer com que a instituição consiga manter uma conversa interessante e de afinidade com essas pessoas ou negócios.


2. Diferencia a sua marca da concorrência

É muito difícil encontrar uma empresa que não tenha concorrência, não é verdade? Por isso, seus stakeholders, provavelmente, contam com diversas opções para comprar seus produtos ou serviços, fazer parcerias ou se associar. Dessa forma, é importante se destacar.


Para fazer isso, é importante que os negócios tenham diferenciais para se destacar no mercado e atrair a atenção dessas pessoas e organizações. Uma estratégia visando a esse fim é, justamente, trabalhar o seu propósito de marca.


Lembra que falamos, no tópico anterior, sobre alinhar o propósito da empresa com o do público? Atualmente, os stakeholders estão cada vez mais interessados em formar parcerias com organizações que tenham visões em comum com eles, afinal, há maior confiança naquele com o qual se tem mais afinidade.


Assim, os negócios que não estão investindo em criar conexões com o seu público ficarão para trás, uma vez que fatores como bom preço e qualidade acabaram se tornando mais um padrão do que um diferencial. Por isso, busque ser único.

3. Faz com que as pessoas comprem pelo “porquê” você faz

Você já ouviu falar em Golden Circle? Essa é uma metodologia que visa a desenvolver o valor de um negócio. Ela é pautada em três esferas, sendo elas:


  • Por quê?

  • Como?

  • O quê?


A metodologia é representada por três círculos. O que toma a posição central é destinado ao porquê, foco do nosso post, representando o legado e propósito da empresa, a razão pela qual o seu negócio existe.


A resposta para essa questão o ajudará a pensar e elaborar o caminho pelo qual o negócio deve seguir, visando à obtenção do seu propósito. Isso auxiliará, inclusive, na elaboração de estratégias mais efetivas a serem implementadas internamente.


O porquê é a pergunta central do Golden Circle, é o ponto de partida dessa metodologia. Afinal, entendendo o que motiva a sua empresa a fazer o que faz, fica muito mais fácil definir como ela deve chegar a esse resultado e quais produtos os serviços serão utilizados como ferramentas para essa meta.

4. Ajuda a ganhar relevância

Você já pensou o quão benéfico seria se o seu negócio começasse a ser visto como uma inspiração para o seu público? Para conseguir esse feito, é importante que você olhe com mais carinho para o seu propósito.


Dessa forma, a organização conseguirá se posicionar no mercado não apenas pelos produtos ou serviços que oferece mas também pelo seu propósito, seus objetivos e os valores que engloba, que acabam sendo diferenciais e, também, fatores que aumentam a sua relevância.


Acredite, deixar a sua organização mais relevante fará com que ocorra, também, um aumento da sua reputação. Isso também abrirá precedentes para que você consiga uma maior valorização dos serviços e produtos que oferece.


Durante o momento de crise, a alta relevância de um negócio pode fazer a diferença para reverter essa situação, principalmente se ela foi conquistada por meio de um propósito visto como bastante benéfico e positivo para a sociedade.

5. Promove crescimento

Outra vantagem interessante relacionada à definição do propósito de uma empresa é que ele pode oferecer o crescimento da própria instituição. Segundo o estudo feito pela Delloite, as marcas que tiveram algum crescimento em 2022 usaram o seu propósito como uma maneira de se diferenciar dos seus concorrentes.


Desses negócios, 66% deles têm maiores chances de entender o seu propósito como uma maneira de direcionar as tomadas de decisões efetuadas pela equipe. Um total de 41%utilizam suas intenções para orientar a estratégia de investimentos com responsabilidade social corporativa.


É importante garantir que os processos organizacionais das empresas estejam alinhados com o propósito que ela tem, uma vez que ele atua como o principal direcionador do caminho que a sua instituição precisará tomar para alcançar seus objetivos e, ao mesmo tempo, nutrir uma personalidade e maior conexão.


O propósito ajuda a definir como o negócio deve se posicionar e qual a melhor maneira de transmitir as palavras e atitudes feitas por ele, todas indo ao encontro de metas e objetivos que se quer alcançar no futuro.


Resumindo: investir na definição do propósito de uma empresa ajuda a promover o engajamento do público para com a marca, destaca a organização da concorrência, faz com que as pessoas compreendam o “porquê” você faz, ajuda a ganhar relevância e promove o crescimento do negócio.


Dessa forma, conhecendo esses cinco motivos para se definir o propósito de uma empresa ou marca, você entende a importância de dar um norte para sua instituição, investir no autoconhecimento para entender onde o seu negócio quer chegar e qual público ele cogita conquistar.


5 visualizações0 comentário