• engajesite

Inteligência digital: como aproveitar as oportunidades?


É muito difícil pensarmos em uma profissão ou tipo de empresa que não utilize, de alguma forma, elementos tecnológicos. Por isso, é importante que gestores e equipe tenham alguma noção de inteligência digital para lidar bem com essa realidade.


Neste post, explicaremos o que é a inteligência digital, a sua importância para os negócios e as principais competências que devem ser aplicadas pelas organizações, garantindo um uso efetivo e consciente dos aparatos tecnológicos em seu dia a dia.

Continue a leitura!

O que é inteligência digital?

A inteligência digital se refere ao desenvolvimento de competências, habilidades e “normas de etiqueta” relacionadas ao uso de Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs). Esses conhecimentos devem ir além de apenas aprender a como utilizar um computador ou celular.


Assim, as pessoas se adaptam às novas tecnologias enquanto as inserem às atividades do trabalho, uma vez que essas ferramentas digitais podem não só auxiliar como também atrapalhar a sua rotina quando mal utilizadas.


A inteligência digital pode ser aprendida no dia a dia e promover habilidades técnicas na área enquanto a pessoa utiliza os aparelhos tecnológicos. Porém, também é interessante que a organização invista em medidas para facilitar e direcionar esse aprendizado conforme as suas necessidades.


As instituições também não podem se esquecer dos chamados “analfabetos digitais”, pessoas que apresentam pouco ou nenhum conhecimento de novas tecnologias, como a própria internet, e que podem sofrer ao atuar nessa nova realidade do mercado.

Qual a importância da inteligência digital para as empresas?

Mas será que a inteligência digital é realmente necessária para os negócios? Bom, a verdade é que essas habilidades técnicas aprendidas permitem que os colaboradores tenham uma maior adaptabilidade e assimilação desse novo mundo.


Além disso, ter conhecimento de inteligência digital permite que os usuários fiquem mais protegidos contra fake news e roubos de identidade ou dados, situações essas que podem trazer diversos tipos de prejuízo para a empresa.


Porém, não trabalhar a inteligência digital dentro de uma instituição faz com que o negócio tenha desvantagens no mercado em que atua. Afinal, aquelas instituições que testam e investem em novas tecnologias saem na frente na conquista dos seus benefícios e em suprir as necessidades dos seus consumidores.


Aprender inteligência digital também auxilia no trabalho da inteligência emocional da equipe, uma vez que os colaboradores precisam saber como separar a vida profissional da pessoal ou agir em situações de estresse que podem ser intensificadas por meio da tecnologia.

Quais são as competências básicas da inteligência digital?

A inteligência digital está baseada em três competências básicas. A seguir, você conhecerá um pouco mais cada uma delas e como elas atuam para beneficiar pessoas e empresas no mundo virtual.


  • Marketing;

  • Cibersegurança;

  • Redes sociais.


Continue a leitura para saber mais!

Marketing

Se você quer que o seu negócio tenha uma ótima vida digital, é importante utilizar essas novas tecnologias como ferramentas de marketing, uma vez que a internet é um ótimo meio para você captar novos clientes e reforçar a conexão com quem já consome sua marca.

Cibersegurança

De acordo com dados divulgados pela Fortinet, o Brasil é o segundo país da América Latina que mais sofre com ataques cibernéticos. Por conta disso, organizações precisam investir em estratégias para garantir que essa estrutura online fique em segurança.

Redes sociais

É necessário que a empresa tenha profissionais capacitados e uma estratégia sólida para trabalhar as redes sociais das organizações, uma vez que elas são a base do mundo digital e são importantes canais de atendimento e relacionamento com o público.

Como aproveitar as oportunidades oferecidas?

Até aqui, você entendeu o que é a inteligência digital e qual a sua importância para os negócios. Agora, está na hora de saber como é possível aproveitar as oportunidades oferecidas por essa nova realidade pautada na digitalização.


  • Transforme a cultura da empresa;

  • Analise o seu mercado;

  • Invista em tecnologia.


Quer saber como colocar todos esses pontos em prática? Então, continue a leitura!

Transforme a cultura da empresa

Adentrar na inteligência digital não é apenas criar perfis nas redes sociais e implementar as novas tecnologias que surgem. É preciso promover mudanças na cultura organizacional para abraçar essas oportunidades, além de adaptar a sua equipe a essas novidades.

Analise o seu mercado

É importante ter planejamento antes de adentrar na inteligência digital, uma vez que nem todas as tecnologias serão benéficas para o seu negócio. Analisá-las antes de implementar e apresentar à sua equipe tais ferramentas pode ajudar você a economizar tempo e dinheiro.

Invista em tecnologia

Claro, não podemos falar sobre inteligência digital sem falar de tecnologia. Porém, apenas implementar não é o bastante, é preciso investir em maneiras de fazer com que essas tecnologias consigam transformar informações aparentemente desconectadas em análises úteis para tomada de decisão da organização.


Resumindo: para aproveitar as oportunidades da inteligência digital é preciso transformar a cultura do negócio, analisar o seu mercado e investir em tecnologias que sejam úteis para os processos da instituição.


Dessa forma, entendendo o que é a inteligência digital, qual a sua importância de educar para o mundo corporativo, as inovações tecnológicas e como aproveitar as suas oportunidades, a sua empresa estará preparada para se modernizar e conseguir ótimos resultados por meio da implementação de tecnologias.


Mas será que a era digital afetou, de alguma forma, a reputação empresarial? Temos um post em nosso blog em que você poderá descobrir a resposta!



2 visualizações0 comentário