• engajesite

Imagem da organização: como trabalhar? Entenda agora!



Um dos fatores que mais influenciam no sucesso de um branding organizacional é a imagem da empresa. A forma como o seu público enxerga a sua organização, bem como os seus produtos e serviços, pode alavancar ou diminuir a sua reputação no mercado.


Neste post, daremos algumas dicas de como você pode trabalhar em uma boa imagem da organização e, com passos simples, reorganizar a sua empresa e fazer com que ela alcance o sucesso. Vamos lá?


Imagem da empresa: um guia de estratégias de reputação

Escute a sua equipe

Grande parte das mudanças ocorre de dentro para fora, por isso, busque entender melhor a sua equipe, quais as suas necessidades e o que pode auxiliá-la a ter um bom desempenho. Só assim você entenderá como melhorar a imagem da empresa.


Investir em endomarketing e em um ambiente de trabalho melhor para a sua equipe fará com que os colaboradores fiquem mais engajados e, até mesmo, ajudem a sua empresa a criar estratégias para melhorar os produtos/serviços oferecidos.


Ofereça bons salários e boas condições de trabalho. Além disso, busque fazer reuniões periódicas para entender realmente como está a empresa e, até mesmo, ouvir as ideias da equipe.


A própria gestão das empresas vem mudando bastante, fazendo com que os gestores

tenham um papel mais de líder (trabalhando em conjunto com a organização) do que de chefe (apenas dando ordens).

Não se esqueça da sua identidade visual

A imagem física da sua empresa também importa muito para manter uma boa reputação. Dessa maneira, busque avaliar o que pode ser melhorado na sua identidade visual, de maneira que ela converse com os objetivos e valores da sua empresa.


É importante que isso seja feito de maneira completa, não apenas em logotipos ou fachada da organização, mas também em todos os materiais que são impressos e emitidos em nome da organização.


Pensar em cada mínimo detalhe faz com que o resultado seja muito mais efetivo, levando à criação de uma imagem da marca forte e que se destaca no mercado, mesmo ele estando mais concorrido.


Além disso, a sua identidade visual não precisa se limitar ao visual: o modo como a sua empresa se porta e a comunicação que ela tem com o público também fazem parte da imagem da organização e devem ser marcantes.


Leia também


Assine nossa Newsletter!


Tenha um diferencial

Qual o diferencial da sua empresa? O que faz ela ser diferente e especial em relação às outras organizações do seu ramo? Descobrir isso ajuda a moldar a sua empresa em volta dessas vantagens.


Esse diferencial não precisa ser, necessariamente, o preço do produto ou uma funcionalidade nova. Muitas vezes, o oferecimento de uma melhor experiência ao cliente e uma maior atenção a ele podem ser fatores que o atraiam e o tornem fiel.


Atualmente, a experiência do cliente, por exemplo, mostra-se muito requisitada, uma vez que vemos diversas empresas no mercado oferecendo os mesmos produtos/serviços com poucas alterações e não se mostrando dispostas a entender as necessidades do seu público.


Ao fazer isso, você já consegue compreender as oportunidades de crescer dentro daquele ramo, afinal, quem melhor do que os clientes para mostrar o que eles realmente esperam do seu produto/serviço?

Ofereça um valor justo

De qualquer maneira, o valor é um ponto que não deve ser deixado de lado. Aliás, esse pode ser um fator a ser considerado para se definir a imagem da empresa. Por exemplo, vender produtos de um valor mais caro pode indicar a ideia de ter uma marca mais luxuosa.


Entretanto, valores mais baixos podem dar a ideia de uma marca mais popular, em conta ou até mesmo com um melhor custo-benefício. O importante é que você peça uma quantia que seja condizente com a qualidade, experiência e marca que você está oferecendo aos seus clientes.


Como você já pode ter percebido, muitas empresas cobram valores muito altos pelos seus produtos, como roupas de grife. Elas não contam com um tecido especial ou raro, sendo uma parte relacionada ao poder da sua marca e das experiências trazidas.


Entretanto, também é importante ter cuidado com a qualidade do produto ou serviço final oferecido, já que pagar por um produto que não é o esperado ou não cumpre a sua função pode gerar críticas e afetar negativamente a sua reputação.

Padronize a comunicação da sua empresa

Como explicamos em um tópico anterior, o modo como a sua organização se comunica, seja internamente, seja com usuários e clientes, faz parte da identidade da organização e pode alavancar ou prejudicar a imagem institucional da empresa.


Uma maneira de evitar problemas na comunicação da sua empresa é fazer uma padronização. Dessa forma, a sua equipe saberá qual a maneira ideal de cumprir com os atendimentos e chamados.


Além disso, é interessante buscar entender os problemas de comunicação que a sua empresa pode estar enfrentando, como a demora para responder aos clientes ou a falta de clareza nas informações passadas.


Ao analisar essas questões, você consegue elaborar uma diretriz de comunicação que dialogue adequadamente com o seu público, resultando em uma experiência de pré e pós-compra mais efetivas.


E então? Conseguiu entender como trabalhar a imagem da organização? É importante, em primeiro lugar, ter um panorama de como está a reputação da sua empresa atualmente e como você espera que ela esteja após as mudanças, para que, assim, seja possível fazer uma estratégia direcionada e eficiente.


Para ajudar você a criar uma imagem de uma empresa consolidada, acesse este outro conteúdo em nosso blog no qual explicamos o que fazer para melhorar a imagem da sua marca durante uma crise.



15 visualizações0 comentário